domingo, 27 de dezembro de 2015

'Algo Clichê' na minha vida



Olá gente! Eu sei que não tenho postado muito frequentemente por aqui nas últimas semanas, mas eu estava MUITOOOO ocupada terminando de escrever o meu livro 'Algo Clichê', e não estava tendo tempo para postar aqui no blog mais do que uma resenha ou outra, e ainda tenho mais três para escrever por aqui, e quero postar logo, mas acho que só vai no próximo ano!

Enfim, queria compartilhar com vocês essa minha felicidade de terminar um livro MEU, algo que eu queria fazer há muito tempo, e o quanto eu me senti realizada ao perceber que eu realmente havia concluído aquela história com que me conectei tanto em tão pouco tempo.

Algumas pessoas leram, e apesar de não ser muitas, fiquei feliz por alguém ter lido, comentado e votado lá no Wattpad! Até pediram continuação, o que eu achei SUPER LEGAL! E não tenho nada confirmado porque com o blog, e o meu terceiro ano do ensino médio chegando por aí, não sei se vou ter tempo para escrever qualquer coisa, mas eu QUERO MUITO!!!

Bom, se você for novo no aqui no blog, me segue? É só apertar o botãozinho lá embaixo dos ícones das redes sociais! E se quiser saber mais sobre 'Algo Clichê', é só clicar aqui e me acompanhar! Um beijo enorme, e até o próximo post!

-S.C

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

RESENHA: A Espada do Verão; Rick Riordan



GENTE! Quem me conhece sabe que eu AMO todos os livros do Rick Riordan com todas as minhas emoções, e que espero ansiosamente a cada ano por um livro dele, e quando eu vi que ele iria lançar uma saga sobre a mitologia nórdica, eu pensei: EU TENHO QUE LER ESSE LIVRO!!! E pois bem, eu LI! E amei cada linha!



Algumas pessoas podem pensar: Nossa, mais um livro sobre um adolescente que vira semideus! Tá ficando repetitivo! E eu penso: Nossa! Mais um livro maravilhosamente escrito pelo Tio Rick, e eu mal posso esperar pelo próximo! - Agora, eu sei que o começo das histórias do Tio Rick não são lá pra originais, mas pra mim, isso não importa, o que realmente importa, é a forma como a história é escrita.

A cada capítulo - que voltou com os nomes engraçados de Percy Jackson e As Crônicas de Kane - eu ficava esperando pelo próximo passo que Magnus, Sam, Blitzen, Hearthstone e Jacques iriam fazer. O livro não tem tanto tiro-porrada-bomba quanto os anteriores do Rick, mas o que não teve nisso compensou em humor, quase toda linha uma risada saia da minha boca.



Eu mal posso esperar para os lançamentos do Tio Rick no próximo ano, que são: O Martelo de Thor (segundo livro de Magnus Chase), e The Hidden Oracule (primeiro livro da saga The Trials of Apollo). Eu estou muito animada!!!

Bom, MUITO obrigada a você que leu essa resenha, e se tiver interesse em ler mais algumas é só ir lá em cima no Menu e clicar em Resenhas, okay? Um beijo ENORME!

-S.C

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

RECOMENDO: Made In The A.M; One Direction



Olá gente! Hoje estou aqui para falar de um álbum que eu AMO DE PAIXÃO, que é o Made In The A.M do One Direction! E como quase todo mundo sabe, este é o último álbum da banda antes da pausa de sei lá quanto tempo que eles vão dar no próximo ano! E eu, directioner que sou, escutei cada música assim que foi lançada, e claro, AMEI TODAS!



O primeiro single foi Drag Me Down (acima), e depois eles lançaram Infinity (sem clipe), logo seguido de Perfect! Mas vou logo dizendo que essas não são as únicas músicas que fizeram sucesso do álbum! O álbum é MUITO lacroso, gente, cês não tem noção!
As minhas favoritas além de Drag Me Down e Perfect, são Infinity, Temporary Fix, Never Enough e History! E agora, os garotos vão estar em uma pausa, e nós vamos ficar aqui: esperando por eles!
Beijo de directioner procês!

-S.C  

domingo, 13 de dezembro de 2015

Resenha: Férias Infernais; Várias Autoras



OI GENTE! Então, há muito tempo atrás, eu postei aqui no blog sobre o quarto livro da Saga Infernais, Férias Infernais. E eu fiquei muito animada para esse livro, porque já tinha lido os outros três, e mal podia esperar para essas novas cinco histórias! E fiquei ainda mais animada quando descobri que a Cassandra Clare, autora da saga Os Instrumentos Mortais e Maureen Johnson iriam estar no grupo de escritoras, junto com Sarah Mlynowski, Claudia Gray, e Libba Bray.


Gostei muito de TODOS os contos, mas os meus preferidos são Cruzeiro da Sarah, Nenhum Lugar é Seguro da Libba Bray, e A Casa dos Espelhos da Cassandra. Esses três foram os contos que mais me surpreenderam ao decorrer da história. O conto da Claudia, Não Gosto da sua Namorada foi um pouco previsível, mas eu gostei do mesmo jeito. A lei dos Suspeitos da Maureen Johnson foi meio louco, e quase não entendi nada até o final.




As páginas do livro são amareladas, e as fontes são do mesmo estilo dos outros três! Enfim, RECOMENDO bastante esse livro, e se você não leu ainda, recomendo muito que leia todos os quatro, sem ordem de lançamento, porque os contos não tem ligação nenhuma um com o outro. Beijo enorme!

-S.C

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

RECOMENDO: 25; Adele


OI GENTE! Hoje trago para vocês, o meu recomendo tardio do CD da maravilhosa, diva, lacrosa Adele!!! Finalmente depois de anos sem lançar uma prévia sequer de música nenhuma, Adele lança o 25, que veio fechando o tempo já com o primeiro single Hello que se você não escutou ainda, você tá meio desatualizado, viu? Hahahaha

O álbum 25 de Adele ficou em primeiro lugar nas paradas em mais de 100 países! Dá pra acreditar nisso? SIM, dá pra acreditar, porque com Adele tudo é possível. Bom, menos o Grammy, porque por incrível que pareça, esse sucesso todo não vai render Grammy em 2016, porque Adele lançou o álbum depois do prazo considerado para participar, entenderam? Mesmo assim achei injusto, afinal talento não tem prazo para ser definido, não é mesmo?

Mas enfim, Adele voltou! E voltou mais diva do que nunca! Termino este post deixando vocês com uma das melhores músicas de 2015 (mesmo que não tenha sido indicada para o Grammy), HELLO FROM THE OUTSIDEEEEEE! Tchaau, gente!


Espero que tenham gostado do post, se tiverem sugestões de álbuns ou músicas para eu ouvir, é só deixar nos comentários! Beijos!

-S.C 

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Playlist: As minhas favoritas do Ano 2015



OLÁ GENTE! O ano de 2015 já está acabando, e tantas foram as coisas que aconteceram neste ano - tanto boas quanto ruins - que eu só quero que ele acabe logo e que 2016 venha com aquele sentimento de renovação e que venha MIL vezes melhor do que 2015! Para isso então, resolvi fazer uma playlist especial com as minhas 5 músicas favoritas que ficaram coladas na minha cabeça este ano e que me fizeram muito feliz - e renovada. Não foi nada fácil, mas aqui estão as escolhidas.

1.Sax - Fleur East


2.Drag Me Down - One Direction


3.Sorry - Justin Bieber


4.Hello - Adele


5.Listen To The Man - George Ezra


E é isso, gente! Todas essas músicas se eu não me engano, estão em playlists anteriores! Então podem dar o play e curtir, ok?
BEIJOS!

-S.C 

sábado, 5 de dezembro de 2015

Onde eu queria estar agora...

(Música do texto: Ceasefire - Peter Broderick)



Sabe onde eu queria estar agora? Em seus braços. Balançando em uma rede na beira da praia, com o cheiro do mar e o som macio da brisa ao nosso redor. A sua boca em meu pescoço, e seus dedos desenhando um caminho do meu quadril até a coxa.

Sabe onde eu queria estar agora? Ouvindo a sua música. Somente nós dois em casa, a lareira queimando na sala, e as cordas do violão trabalhando a cada comando seu. Seus olhos nunca me deixando, e seu sorriso arrogante, como se sabendo que eu estou adorando aquilo.

Sabe onde eu queria estar agora? Em casa, com você. Chuva caindo do lado de fora, chocolate quente na boca, e o calor do seu abraço. Uma música clássica toca ao fundo, e nós simplesmente curtimos aquele momento, até que a pizza chega. Então nós curtimos a pizza.

Sabe onde eu queria estar agora? Rindo para você ouvir. Escolhendo comida chinesa porque nenhum de nós queria cozinhar, afinal, era sexta, já estávamos cansados. Mas você me surpreende no final, me trazendo brigadeiro e assistindo um filme na madrugada. Não é tão ruim.

Sabe onde eu queria estar agora? Lhe tocando. Aconchegada em seus braços, sentindo que nada pode me atingir, com o seu amor ao meu redor. Café da manhã na cama, sua camiseta em meu corpo, e todo o resto do mundo esquecido por nós dois.

-S.C

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Sexta à noite

(Música do dia: Jar Of Hearts - Glee)




Estamos dias sem nos ver, e já sinto a sua falta. Sabe quando uma peça do quebra-cabeça simplesmente não vem na caixa? É assim que me sentia, menos pelo fato que eu sabia onde a minha peça estava, só que o tempo não nos deixava matar a saudade que sentíamos. Eu já estava cabisbaixa, pensando em te mandar uma mensagem de boa noite quando chegasse em casa.

Então você me surpreende no trabalho, com seu sorriso de canto e covinhas, oferecendo as minhas rosas favoritas. Eu corro para você, e quase sufoco as rosas com a força do meu abraço. Você diz que sente a minha falta e me chama de linda, e logo ficamos abraçados por um momento. E eu só queria ficar ali para sempre.

Mas você interrompeu meus pensamentos, e me convidou para jantar. Não pensei duas vezes em dizer sim, sem importar qual roupa usava, ou em qual lugar você estava planejando me levar. Entramos em seu carro, e te observo enquanto dirige, pensativo. Fico surpresa quando o carro para em frente à um prédio, e você apenas sorriu enquanto abria a porta do carro para mim.

Chegamos em seu apartamento, e fiquei sem fôlego quando vi a cozinha repleta de velas, e quando vi qual foi o jantar que você preparou para mim, só consegui rir. Lasanha, o meu prato favorito. Quando foi que você ficou tão atencioso assim? Depois assistimos um filme, daqueles água com açúcar que só eu amo, mas que você assiste mesmo assim. A cada cena você roubava um beijo meu, e até as cenas finais, eu era quem roubava os seus beijos. 

A noite termina. Eu em seus braços, e as nossas roupas jogadas sem jeito aos pés da cama. Não sei o que deveria estar sentindo neste momento. Talvez medo, felicidade ou desejo de mais? Bem, eu só sei que estou sentindo todos esses sentimentos misturados, como um só. Será que é amor?

-S.C

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Playlist: Novembro 2015



OLÁ GENTE! Então, novembro foi um mês maravilhoso pra mim, porque teve muita música boa que ficou na minha cabeça, e o que é bom pra mim pode ser melhor ainda para vocês. Prontos para a playlist desse mês?
 
1.Adele - Hello


2.The Weeknd - Can't Feel My Face

 

3.Justin Bieber - Sorry
 
 
4.Justin Bieber - Love Yourself


5.One Direction - Perfect


Termino com essa música lacrosa do 1D, que não dá pra errar, né? Beijo enorme gente! Tchau, tchau!

-S.C

domingo, 29 de novembro de 2015

RESENHA: O Príncipe dos Canalhas; Loretta Chase






SINOPSE: Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, até que um dia ele conhece Jessica Trent...

Gente, esse livro é simplesmente MARAVILHOSO!!! Sério mesmo. Não tem jeito, se você me perguntar daqui a 10 anos sobre esse livro, eu vou falar a mesma coisa sempre: ELE É MARAVILHOSO! Faz muito tempo que o li - lá por abril ou junho - mas só agora pude comprá-lo, então resolvi fazer a resenha dele aqui, e claro no processo, reler este clássico dos romances de época.



Digamos que O Príncipe dos Canalhas seja uma história típica de amor que corre entre tapas e beijos. Eles se amam, mas são muito teimosos para admitir isso um para o outro! Chegou a me dar raiva em certos momentos desses dois, porque eles simplesmente não assumiam que se amavam. Mas vamos da nossa 'mocinha'? Jessica é realmente uma personagem principal diferente de todas as outras. Ela não acata as ordens do Lorde Dain, e é claramente mais inteligente que ele, e ela sabe disso. E além de tudo isso, ela é atrevida, ousada, apaixonada, e teimosa que só ela, viu? Acho que a Loretta construiu muito bem essa personagem, porque ela realmente trouxe diferença para o livro, e me deixou com a boca aberta mais de duas vezes. 



Sem dúvida eu tenho que contar a vocês qual é o meu momento favorito de livro, e o que eu acho que é o de muita gente também, que foi o primeiro beijo dos dois, que você pode pensar como um clichê no começo, mas toda a descrição feita no ponto de vista do Lorde Dain, deixou tudo mais interessante e vou ousar dizer perfeito.
Ai, esse livro é de tirar o fõlego com certeza! Espero que vocês leiam, e que amem tanto quanto eu, porque esse livro com certeza entrou para o meu TOP 100 da VIDA! Um beijo no nariz!

-S.C 

sábado, 28 de novembro de 2015

Você lembra?



É, o tempo passou. Você lembra quando nós éramos crianças, e brincávamos no jardim da sua mãe, e de repente você arrancava uma rosa chá - a minha favorita - e me elogiava, dizendo que eu era linda? Eu me lembro. Principalmente de como meu rosto ficou parecendo um tomate logo depois.

O meu primeiro beijo foi o seu primeiro beijo. Você lembra? Nossas bocas inexperientes tentando achar o caminho, guiando-se apenas pelo magnetismo entre nós. Eu lembro de cada detalhe, de pensar em como seria aquele momento em que nossos lábios se tocassem. E quando finalmente aconteceu, senti meu corpo em chamas.

Ainda nesses dias, lembrei do nosso primeiro encontro. Você lembra também? Você estava tão nervoso e lindo naquele jeans preto e camiseta branca que tirou meu fôlego. E eu estava deslumbrante em meu simples vestido vermelho de algodão; suas palavras, não minhas. E no final daquele embaraço de encontro, sua boca encontrou a minha depois de um longo tempo de tortura. Nervosismo e ternura.

Ah, e você lembra da nossa primeira briga? Fiquei mais que chateada quando vi o flerte daquela menina, e só podia pensar em como você ousava em ouvi-la. Eu corri e você veio atrás de mim. Eu gritei e chorei ao mesmo tempo, mas seus braços não me soltaram em qualquer momento.

E foi ali, no seu abraço, que lhe confessei os meus medos, e você fez o mesmo logo depois. Pazes feitas.

E agora, quando me pergunta por que eu te amo, lhe dou esta resposta: você está nas minhas melhores e piores lembranças. E é por isso que eu te amo, porque você sempre estava lá para mim.

Por que você me ama?

-S.C

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

RECOMENDO: A Esperança - O Final


Gente, eu sou meio que uma suspeita para falar sobre essa série de filmes, porque eu sou completamente apaixonada por eles, tanto pelos livros quanto pelos filmes. Mas posso dizer que esse grand finale foi maravilhoso, e com certeza nunca esquecerei.

Primeiro, quando o filme estava no começo, percebi que fizeram algumas alterações no filme, mas para mim não fez muita diferença, não. Claro que houve cenas que eles cortaram, porque não dava para colocar tudo no filme! Mas posso afirmar a vocês que TODAS as mortes que acontecem no livro, também acontecem no livro. É triste, mas é verdade.

Neste último filme vemos Katniss sofrendo por Peeta e meio que afastando o Gale. Podemos ver Johanna mais sarcástica do que nunca! Eu sofri pelo Peeta, fiquei com raiva da Coin, com pena do Gale, chorei pelo Finnick, ri com o Snow (por incrível que pareça), e bom, realmente posso dizer que esta foi uma das melhores sagas de livros e filmes que eu já tive o prazer de ler e assistir. Essa história sempre vai estar comigo!



_|||_

-S.C 

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

RECOMENDO: Young & Hungry


Sinopse:Gabi (Emily Osment), é uma jovem que sonha em ser uma grande chef de cozinha, então ela se candidata para trabalhar diretamente para o rico e atraente empresário Josh, que também tem outros dois empregados, Yolanda, uma engraçada e nem tão comum governanta, e Elliot, um publicista de humor negro. O que todos não esperavam é que essa combinação resultaria em situações extremamente hilárias e em confusões sentimentais do tamanho de um iceberg.

Sabe aquelas séries que no pilot parece meio flopada já de cara, mas que por alguma razão você continua assistindo? Pra mim, foi assim com Young & Hungry. Quando vi que a ABCFamily havia lançado série nova, não pensei duas vezes antes de olhar sobre o que era, mas quando vi a sinopse, pensei umas quatro, porque pensei que iria ser cancelada logo. Então imagine a minha surpresa quando vi que ela havia sido renovada e só tinha DEZ episódios a primeira temporada!

Corri, e lá fui eu! Assisti tudo em uma manhã, e depois fiquei surpresa com a série que me pareceu tão lerdinha no começo realmente ganhou uma história engraçada e personagens envolventes. Já acabei a segunda temporada (feliz, porém frustrada)!

Super indico a série, que é ótima pra quando você só quer relaxar em casa e rir de piadas sem graça por motivo nenhum. Estou com umas séries novas pra recomendar a vocês, mas quase sem tempo nenhum, porque estou tentando acabar a minha história no Wattpad antes do ano acabar!

Beijos e até o próximo post!

-S.C  

terça-feira, 17 de novembro de 2015

RESENHA: Fazendo Meu Filme - A Estreia de Fani; Paula Pimenta


Ai meu Jesus! QUE LIVRO É ESSE? Mais uma vez me peguei viciada na escrita de Paula Pimenta, que em tão pouco tempo, se tornou uma das minhas escritoras nacionais favoritas! Agora eu acabei de ler este livro e eu não sei o que fazer da minha vida. E como a escrita da Paula é muito viciante, você nem percebe quando o livro termina, e quando isso acontece você fica tipo: E agora? 

Enfim, a Fani - Estefânia - é uma garota simpática, um pouco insegura, e tímida também, fui muito com a cara dela e super me identifiquei em alguns pontos, mas convenhamos que ela é muito da burra gente! O Leo lá, todo fofo e mega apaixonado por ela e ela não se liga? E digo logo também que o meu personagem favorito foi o Leo, e apesar de ele ter feito a besteira de (spoilers) namorar a b*tch da Vanessa por exemplo, ele ainda continuou sendo o meu personagem favorito, e não consigo escolher entre ele e o Rodrigo de Minha Vida Fora de Série.



O livro inteiro, a Fani se vê confusa pelos seus sentimentos, e pelos sentimentos com relação à ela, e ao longo da história, esses sentimentos vão sendo revelados. Mas então vem um empecilho: a Fani vai fazer intercâmbio, então tudo fica ainda mais complicado do que realmente deveria ser sobre tudo o que ela está sentindo. A Paula escreve de uma forma tão natural que eu senti como se estivesse no livro, compartilhando cada conversa, cada momento estranho, cada risada e lágrima, tudo junto com a Fani.

Fazendo Meu Filme é ainda melhor do que eu ouvi falar. Na verdade, é aquilo e MUITO MAIS! Espero que essa resenha tenha feito você querer ler o livro! Beijos e até o próximo post (que pode demorar um pouquinho)!

-S.C

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Playlist: Outubro 2015


OLÁ GENTE! Quanto tempo! Hoje estou finalmente postando a minha playlist de Outubro, porque sempre que eu ia fazer isso, o meu sono vencia. Sorry. E também aconteceram algumas coisas aqui em casa que eu prefiro não comentar.

Então vamos começar a ouvir essas músicas maravilhosas que eu separei para o mês passado.
1.Arms - Christina Perri



2.Back To You - Twin Forks


3.Listen To The Man - George Ezra


4.Budapest - George Ezra


5.Blame It On Me- George Ezra


Já vou logo avisando que o George Ezra está no meu TOP 5 de cantores favoritos no momento, então é claro que ele é maravilhoso! Beijos e até o próximo post!

-S.C

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

RECOMENDO: Fazendo Meu Filme em Quadrinhos - Antes do Filme Começar; Paula Pimenta




Olá gente! Nossa, que saudade de falar aqui no blog! Se você leu o meu post anterior, já sabe porque eu estive por fora nestes últimos dias, e hoje estou aqui (morrendo de fome, mas ainda escrevendo) para falar sobre esse HQ maravilhoso que é Fazendo Meu Filme!

Como alguns sabem, eu sou MUITO FÃ da Paula Pimenta (que casou ontem na Disney), e quando vi que ela iria lançar o Fazendo Meu Filme em quadrinhos, eu fiquei completamente chateada porque não teria dinheiro para comprar, mas a minha irmã comprou, então isso foi deixado de lado.

Fazendo Meu Filme em quadrinhos nada mais é do que uma pequena história já mencionada no primeiro Fazendo Meu Filme, que conta a festa de aniversário surpresa que a Fani fez para o Leo. Os desenhos são muito perfeitos e combinam muito com a descrição que a Paula faz nos livros.

Eu imaginei a Fani realmente assim! E o Leo é uma graça com aquelas duas covinhas!   
Só acertei a cor do cabelo da Priscila! E o Rodrigo esse poeta maravilhoso!

Amei cada detalhe dessa história: desenhos, roteiro, personagens... TUDO! Então é isso, gente! Espero que vocês tenham gostado! Bye,

-S.C
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...