quarta-feira, 30 de setembro de 2015

completamente preguiçosa com a vida



Olá gente! Me desculpem por não estar postando com tanta frequência, mas a minha vida está meio que uma bagunça recentemente, então tudo ficou meio que de pernas para o ar: blog, wattpad, entre outras coisas - como a conhecida preguiça - está tomando conta de mim, e sei que não posso deixar isso acontecer.

Estou tentando colocar a minha vida em uma ordem que me favoreça: dormir cedo, acordar cedo, assistir séries de manhã, ir para o colégio, ensinar, e o resto do meu tempo eu leio e escrevo. Mas sabe quando você tem a temporada inteira de uma série, e você simplesmente não consegue esperar até o dia seguinte? Ou então quando você fala só mais um capítulo do livro e acaba virando a noite? Então isso veem acontecendo muito comigo ultimamente.

Mas hoje eu resolvi deixar a preguiça de lado, e fazer muitos posts!!! Tenho umas cinco ou seis resenhas para postar aqui no blog, cinco livros para terminar, quinze capítulos do meu livro no Wattpad, e ainda vem o estresse do ensino médio, o que não é nada fácil (só avisando se você ainda não passou por essa fase).

Sei que as coisas talvez possam piorar no próximo ano, mas haja o que houver, eu não desistirei do blog, e os posts podem até demorar para vir, mas no final de tudo, eles sempre veem, e eu espero que você - É VOCÊ MESMO - que está lendo o meu blog consiga entender a minha situação de estudante/blogueira/escritora/viciada-em-séries/preguiçosa.

Bom, acho que isso é tudo! Mas se eu lembrar de alguma coisa, eu posto aqui, ok? Se quiserem ficar atualizados sobre o blog, me siga no Twitter, me curta no Facebook, e claro, me sigam aqui no blog! É só apertar um botão, não tem sacrifício nenhum!
Beijos e até o próximo post! Bye!

-S.C

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

RESENHA: A Joia; Amy Ewing



Não sei se todos pensaram a mesma coisa, mas a primeira coisa que me veio a cabeça quando vi a capa de A Joia, foi 'Ué, a Kiera fez outra saga?' Porque realmente parecia ser A Seleção, mas quando li, a história era completamente diferente. Mas vamos à sinopse, certo?

Sinopse: Violet nasceu e cresceu no Pântano, um dos cinco círculos da Cidade Solitária. Por ser fértil, Violet é especial, tendo sido separada de sua família ainda criança para ser treinada durante anos a fim de servir aos membros da realeza. Agora, aos dezesseis anos, ela finalmente partirá para a Joia, onde iniciará sua vida como substituta. Mas, aos poucos, Violet descobrirá a crueldade por trás de toda a beleza reluzente e terá que lutar por sua própria sobrevivência. Quando uma improvável amizade oferece a Violet uma saída que ela jamais achou ser possível, ela irá se agarrar à esperança de uma vida melhor. Mas uma linda e intensa paixão pode colocar tudo em risco!

Ufa, que sinopse grande! Mas enfim vou tentar explicar tudo pra vocês, ok? Eu fiquei um pouco confusa sobre onde se passa a história desse livro, afinal é uma distopia, é de época ou é fantasia? Resultado: uma mistura dos dois. Digamos que seja um universo paralelo, onde existem a tecnologia do futuro, os títulos do passado, e o inexplicável da fantasia. Isso é A Joia.

A Violet, uma garota que foi tirada de sua família para aprender o Presságio, algo que somente algumas garotas podem fazer e é dividido em três partes: Cor. Forma. Crescimento. Por isso, que todas as garotas com essa habilidade são ensinadas a controlá-los e quando chegam a maior idade, são vendidas em um leilão para as mulheres da realeza, que as compram para que os seus filhos nasçam 'perfeitos', já que com o que elas sabem fazer, o bebê nasceria de acordo com as suas vontades.

Quando Violet chega a maior idade, ela é vendida para a Duquesa do Lago, e assim que isso acontece, a Duquesa se mostra realmente uma B*TCH DOS INFERNOS! Mas também houve momentos em que tentei entender o lado dela, assim como entendi o lado da Violet, mas mesmo assim, é uma b*tch!

Enquanto a Duquesa tenta engravidar a Violet (só dizendo que não sei muito bem como é feito o processo de gravidez, pois não explica muito bem no livro), o Ash aparece e os dois se apaixonam, mas é um romance proibido, pois as 'Substitutas' como são chamadas, não são permitidas a ficar com ninguém.

Aí em frente, acontece centenas de coisas que confundem Violet sobre qual escolha deve fazer sobre o seu destino. Mas eu não contar nada porque senão vou dar spoilers e isso é imperdoável! Então leiam o livro e espero que gostem dele tanto quanto eu... Ah, o final é um CHOQUE DE MONSTRO!!!

BEIJOS!

-S.C

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

RECOMENDO: Love, Rosie





OLÁ GENTE! Hoje vou falar sobre Love, Rosie (Simplesmente Acontece) e juro que nunca assisti a um filme em que a personagem principal se ferrasse tanto na vida! Quando você pensa que tudo vai ficar bem, algo acontece e tudo vai à merda outra vez.

Sinopse:Os jovens britânicos Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos, e para a infelicidade de Rosie, ela fica grávida. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.

Sinceramente eu só tive vontade de assistir esse filme por causa do maravilhoso Sam Caflin - ♡♡♡♡♡ - que faz o Finnick em Em Chamas e A Esperança, e que também é um ótimo ator. E também tem a Lily Collins que – sortuda – faz par com o Sam no filme.

A história é feita de altos e baixos, mostrando os dois melhores amigos seguindo suas vidas em diferentes lugares, contando somente com mensagens trocadas, Skype, e algumas cartas. O casal é muito fofo e chega a dar raiva dos tantos imprevistos que acontecem e das burrices que os dois cometem ao longo do caminho. Seja um noivado fora de hora, ou voltar com o seu ex- idiota que te engravidou na sua primeira vez.

Há também momentos engraçados, como o que acontece depois da primeira vez da Rosie, ou quando ela vai levar a filha para o primeiro dia de aula.

Tenho que admitir que assistir este filme foi MUITO frustrante, porque toda vez que as coisas pareciam dar certo, acontecia algo e o trem saia dos trilhos. Mas preciso dizer que no final tudo vai se desvendar: o porquê da Rosie nunca fazer um movimento para o Alex, e porque o Alex sempre se afastava da Rosie.

Shippei muito o casal, e o final foi tão amor, que quando o filme acabou eu ainda estava 'ALELUIA'!

Bom, é isso gente! Espero que vocês assistam esse filme, e que se frustrem como eu fiz, e que quase chore como eu fiz, e que riam como eu fiz. Um grande beijo!

Love,

-S.C

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Resenha: Procura-se Um Marido; Carina Rissi



Tá bom, eu sei que ultimamente eu só tenho postado resenhas dos livros da Carina Rissi, mas o que eu posso fazer se ela tem uma escrita viciante e se em tão pouco tempo ela se tornou uma das minhas escritoras nacionais favoritas???

Mas então... GENTE, o que dizer desse livro??? Eu simplesmente amei o livro, e a forma com a qual ele me conquistou a cada linha. Este foi um daqueles livros que virei a noite acordada porque simplesmente não conseguia parar de ler.

Aqui vai a sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou.

Então, vamos falar desse livro! Eu amei o personagem da Alicia, que se mostrava uma garota mimada pelo avô, mas que ao longo do livro, acabou sendo uma pessoa que sabe lutar pelo que quer quando quer. E vou também falar do Max! Ai, acho que a Sra. Rissi tem um dom para criar personagens masculinos, porque só isso explica porque eu me apaixono por todos!!!

O Max é um amor de pessoa: tímido, trabalhador, amigo, fiel, gentil, com bom humor, um cara que se importa com a família, e apesar de tudo isso, ele é LINDO! Pode ter coisa mais perfeita? E a forma como o relacionamento evolui é muito confusa, tipo, será que ele sente o mesmo por ela? E se sente porque não fala logo de uma vez? Mas todas as pequenas frustrações que sofremos no meio do caminho valeram a pena no final.

O livro tem muitos mistérios, inclusive um grande que não vou falar nada por aqui porque senão vou acabar dando spoiler, e me emocionou da mesma forma que a Carina Rissi sempre faz: como se eu fosse o personagem.

Então é isso gente! Espero que tenham gostado de mais uma das minhas resenhas, e um grande beijo, e tchau!!!

-S.C

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

UM ANO do blog!!!



Pois é... Já faz um ano! Um ano desde que eu decidi criar um blog, um blog que teve muitas mudanças nesses dois meses, e um blog onde eu pude finalmente falar das coisas que eu amo.

Até parece que foi ontem que resolvi dar esse passo na minha vida, algo que decidi fazer para não ficar com aquela pergunta na cabeça: E se?

Com o blog, desenvolvi a minha escrita a um nível que não sabia que eu era capaz de atingir, e espero melhorar cada vez mais, para fazer textos cada vez melhores, e histórias que prendam cada vez mais as pessoas.

Eu só queria agradecer às pessoas que leem o meu blog, mesmo que seja regularmente, ou aleatoriamente, ou por recomendações de amigos... E mesmo que quase ninguém tenha comentado aqui faz um ano, seria pior se ninguém lesse nada do que eu posto.

Então... eu vou continuar aqui no blog, tentando melhorar nos meus posts, e vou continuar aqui até não der mais, e quando esse dia chegar, com certeza ficarei de coração partido, mas vamos apenas esperar que isso não aconteça, ok?

Beijos, e obrigada à todos que me acompanham, de qualquer forma!

(P.S.: Esse post era para ser postado dia 14 de setembro, que é a data real do aniversário no blog, mas a pessoa aqui teve problemas de esquecimento como sempre, então estou postando agora mesmo porque antes tarde do que nunca, não é mesmo? xoxo)

-S.C

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Meu primeiro show: Tiago Iorc


GENTE DEMAIS, com tempo demais, falando demais, alto DEMAIS... OLÁ GENTE!!! Demorou, mas o meu post sobre o show de Tiago Iorc chegou! E com ele veio toda a minha alegria em dividir a minha experiência sobre o meu primeiro show da VIDA!

Bom, antes de mais nada vou falar a mesma coisa sobre o show do que o Tiago: Inesquecível! Sim, quando ele postou a foto do show no instagram, a legenda foi a seguinte: 'Inesquecível, Aracaju! Gratidão!'. E mesmo podemos dizer dele que nos fez um show MARAVILHOSO,  e que no Meet & Greet nos atendeu com carinho, paciência e muita gratidão.
Por falar no Meet, essas foram as coisas que ganhei!



1.Uma bolsa onde vieram os prendedores e o CD.
2.O CD do Tiago, Troco Likes!
3.A pulseira com acesso aos bastidores.
4.Os prendedores com os nomes: Troco Likes e Tiago Iorc.

Mas vocês ainda não sabem da maior! Na hora da minha vez no Meet&Greet, o Tiago perguntou: 'Teu nome?', respondi, mas como a maioria das pessoas, ele entendeu outro nome: Sandra! SanDRA. Eu quase falei à ele para consertar, mas fiquei com muita vergonha, então aqui eis o meu autógrafo flopado do Tiago Iorc!


Bom, é isso GENTE! Comentem por favor se AQUI TEM GENTE! Beijos e Tchau!

-S.C


sexta-feira, 11 de setembro de 2015

estudar até janeiro, encosto insuportável, tiago iorc: show


(Música do dia: No Way No - Magic!)




Oi gente! Estou aqui hoje para lhes dar mais um resumo da minha vida ultimamente, e devo avisar que não tem muita coisa boa acontecendo, e de acordo com o meu horóscopo, este mês não é favorável para mim não, ou seja, só notícias ruins.

Primeiro de tudo: eu vou estudar até janeiro! Sim, janeiro.
Vocês lembram daquela greve que eu mencionei não sei quanto tempo faz? E sabe aquela regra de física que toda ação tem uma reação? Bom, a ação teve uma reação, e nesse caso quer dizer que com a greve que durou um mês, o ano letivo de 2015 vai até janeiro de 2016, bom tecnicamente é até fevereiro, mas estou esperançosa de que não vou ficar nas recuperações semestrais e - DEUS ME LIVRE - nas finais. Agora, você imagina que o meu aniversário é no dia 13 de janeiro, e eu terei aula nesse dia, mas você acha mesmo que eu vou passar o meu aniversário na escola? NO WAY NO.

Segunda coisa: lembram de V? O garoto cujo diz gostar de mim, e se importar comigo e me respeitar (só que não)? Bom, a cada dia descubro mais uma faceta daquela pessoa, e vamos apenas dizer que estas facetas não são nada agradáveis, e que estão me estressando cada vez mais, sem me dar qualquer escolha a não ser chamá-lo de 'encosto', e querer ele bem longe da minha vida! Sei que parece exagero, mas se você passar um minuto na presença daquela coisa, a única coisa que você vai querer fazer é fugir para um lugar seguro e onde ele não poderá te seguir! Sim, mais uma vez parece exagero, mas novamente: você não convive com o 'encosto'. Então parabéns: você é uma pessoa muito sortuda!

E para terminar, sem ser menos importante, hoje irei ao show de Tiago Iorc aqui em Aracaju, e também terei a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente porque os meus pais - DEUS OS ABENÇOE - vão pagar o Meet&Greet, e vamos apenas dizer que estou MUITO FELIZ! Este vai ser o meu primeiro show da VIDA, e tenho certeza que vai ser inesquecível, e tem que ser mesmo porque gastei meu suado e pouco dinheiro para pagar cada parcela do ingresso!

É isso então GENTE! Um grande beijo para vocês e até o próximo post! Tchaaaau!

-S.C

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Resenha: No Mundo da Luna; Carina Rissi



Ai gente, o que falar desse livro, hein?

'No Mundo da Luna' me prendeu primeiramente pelo título, que foi algo que me fez clicar no link e saber sobre o que se tratava. Comecei a ler com muitas expectativas, pois depois que li 'Perdida' da mesma autora, pensei se iria me emocionar e viver tanto com os personagens nesse livro tanto quanto neste outro.
E o resultado foi MARAVILHOSO!


Amei o personagem da Luna, uma mulher trabalhadora, amiga, gentil e teimosa, e as únicas que me irritavam nela, era porque ela era tão cega por não entender as coisas direito, e também por ela ser um tanto impulsiva.


Luna é formada em jornalismo, trabalha em uma revista quase falida, acabou o seu relacionamento há seis meses, e não se vê conquistando seus sonhos tão cedo, mas quando a coluna do horóscopo fica vaga, o chefe da Luna a coloca para escrevê-la, e aí tudo começa a mudar.

Mas o meu personagem favorito - como sempre, o masculino - é o Dante. Chefe da Luna, nerd, LINDO, gentil, atencioso, carinhoso, ou seja, TUDO DE BOM! SPOILEEEER: Dante é o par da Luna. Sorry, not sorry.

O relacionamento dos dois é uma mistura de: confusão, indecisão, fofura, irritação, teimosia, gritaria, 'episódios isolados', beijos roubados, e muito, mas muito amor.

Enfim, o livro é cheio de momentos fofos, sexys, que nos fazem chorar ou rir, e talvez até os dois ao mesmo tempo. Sim, no livro como qualquer outro acontecem coisas confusas, mas acredite em mim: tudo tem resposta no final.

Enfim, recomendo MUITO essa maravilha de livro! Leiam, sorriam, chorem, e aproveitem!

Beijo,

-S.C

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

RECOMENDO: O Pequeno Príncipe




GENTE DO CÉU! Vocês acreditam que estou postando isso uma semana depois de ter assistido o filme? Muita vergonha agora, mas vamos ao que interessa, não é mesmo?

O Pequeno Príncipe é um clássico da literatura, pelo menos para mim. Eu li o livro ano passado e fiquei completamente encantada com a história pelo fato de se tratar de coisas tão simples mas que significam algo tão grande.

Assisti ao filme na quarta passada e simplesmente AMEI! Sabe aquele filme que você não consegue tirar os olhos, aquele filme que faz você rir, se emocionar e ainda conseguir tirar uma lição de vida? Bem, esse é O Pequeno Príncipe.

Achei encantador como descreveram a história original do livro, e de como introduziram também digamos que o 'depois' do Aviador quando ele voltou a sua vida de adulto, mas nunca deixando de ser uma criança.

Para quem não conhece a história original, e mesmo assim assistiu o filme, recomendo MUITO que leiam o livro, porque tanto quanto o filme seja fiel ao livro, nada se compara a sensação de ter os detalhes direto da fonte.

Esse foi um filme que não deixou de ser leal ao livro, mas que também deixou a marca de algo novo e que vale ser lembrado por todos aqueles que o assistiram.

E termino este post com as palavras de um amigo meu sobre esse filme maravilhoso.
''Crescer não se restringe a ter uma vida profissional bem sucedida e viver em função disso. Crescer é interno. É conhecer, é vivenciar, criar, ser. Ser o que quiser, quando quiser, onde quiser. Então cresçamos. E, claro, não esqueçamos de nada. Nem de ser criança. Viver é lúdico.''
- Karyo Freire

Beijos,

-S.C

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Playlist: Agosto 2015



OLÁ GENTE! Sei que fiquei meio fora daqui por um tempo, mas acontece que minha irmã inventou de fazer uma maratona de The Walking Dead e aí fiquei só postando os capítulos já escritos lá no Wattpad. 

Mas como hoje é dia primeiríssimo de setembro, não pode faltar a nossa - minha - querida playlist de agosto! Apertem os plays abaixo e aproveitem!

1.Cool For The Summer - Demi Lovato


2.Seasons - Olly Murs


3.Beautiful To Me - Olly Murs


4.Gave Me A Name - Tiago Iorc


5.Drag Me Down - One Direction

 

E aí, gostaram? Se sim, deixem sugestões de músicas nos comentários para eu poder ficar viciada nelas também!
Beijos.

-S.C
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...